Há alguns dias o blogueiro Izzy Nobre postou um texto contestando a empreendedora Bel Pesce. Já fazem alguns anos que eu li o primeiro livro dela, e a chamada do blog post do Izzy me interessou porque em mais de um momento pessoas haviam me falado que desconfiavam da Isabel Pesce. Geralmente estas pessoas eram do ramo de empreendedorismo ou haviam alcançado algum sucesso profissional. Bizarro, não?

Izzy verificou cada um dos marcos da figura Bel Pesce. O resultado? Nada legal como podemos perceber na Internet…

A Bel é uma empreendedora que fundou empresas e estudou em uma das melhores universidades do mundo. Ela voltou ao Brasil com o intuito de difundir a cultura empreendedora através do ensino ao Brasil, que por acaso já é um dos países mais empreendedores do mundo.

Não vejo problema nas intenções da Bel Pesce. Eu até acho legal ver uma mulher jovem se posicionando no meio deste mundo predominantemente masculino, mostrando que dá para realizar o sonho de abrir o próprio negócio. Isabel Pesce não é mais uma ‘daquelas youtubers’ que falam sobre maquiagem, moda e cabelos. É uma figura motivacional do mundo de negócios para pessoas leigas no assunto, pois para quem busca um pouco mais de profundidade com certeza irá um pouco – bastante – mais além do que os livros e conteúdos abordados por ela.

Não dá para desmerecer a legião de fãs que a Bel conquistou, nem a sua energia e forma de enxergar a vida. MAS NÃO DÁ PARA DEIXAR PASSAR DESPERCEBIDA esta crise de imagem pela qual ela está passando – que foi causada por ela mesma, por não saber se posicionar de forma clara para a mídia, e ainda não sabendo como sair da crise, deixou esta zona acinzentada ao seu redor ficar ainda mais turva… Algumas coisas são preto no branco – certificados, negócios fechados, receita, prejuízo. Lidar de forma artística com estas coisas, ou sei lá, de forma subjetiva, não funciona e o caso da Bel comprova isso, principalmente pelo que está acontecendo nas redes sociais – milhares de comentários, reações negativas…. enfim! Que dor no coração deve estar sendo isso para ela :S

Lendo alguns dos textos e assistindo até um vídeo do Izzy, senti um tom de arrogância jornalística por parte dele ao falar da jovem empreendedora; um tom que é desnecessário, mas devidas as circunstâncias, fica fácil de entender, pois alguém que se estabelece na Internet através da verdade, deve ficar emputecido quando alguém ousa, através da mentira, conquistar fãs, não é mesmo?

De qualquer forma, Izzy prova, através da simples verificação de alguns fatos, que a Pesce não é boa parte das coisas que alegava ser: não fundou empresas no exterior, não tem cinco diplomas (apenas dois), e por aí vai… Em seguida, diversas EDIÇÕES de páginas (de editar notícias antigas mesmo) ocorreram na WORLD WIDE WEB, em que jornais, até mesmo sites de empresas onde a Isabel Pesce trabalhou, mostrando a VERDADEIRA ISABEL PESCE e não a figura folclórica que até então acreditávamos existir no meio de nós. A salvação, abençoada empreendedora que veio de bem longe, da terra da fantasia onde está o Google, Facebook, Microsoft… iluminar a todos os brasileiros com o seu conhecimento. Porque é exatamente disso que os jovens brasileiros precisavam – de mais um sucesso jovem, só para os nossos pais e familiares jogarem na nossa cara o quanto podíamos e deveríamos nos esforçar mais!

O Verdadeiro Problema

Figuras públicas erram e se quiserem, podem muito bem encobrir fatos ou florear a verdade. São humanos. Gente como a gente. O problema está na facilidade com que caímos na ladainha da mídia ou na labia das pessoas. Muitas vezes a verdade é real demais e isso infelizmente NÃO DÁ IBOPE 🙁

Da mesma maneira que o Izzy desmistificou Isabel Pesce, poderíamos desmistificar diversas musas fitness do Instagram, Youtubers, atores, atrizes etc. Ou você realmente acredita que a modelo que publica fotos maravilhosas no Instagram sempre aparenta ser assim, é extremamente feliz e não deve sofrer de nenhum problema físico-mental?

Enquanto vivemos dentro de nossas bolhas individuais dentro da rede, aceitamos as coisas como elas chegam para nós, sem questionar. Eu mesma nunca tinha ido atrás das fontes para verificar a história da Bel Pesce enquanto fã (eu mesma já contribui para a sua monetização, visualizando vídeos muito LEGAIS no Youtube dela).

A realidade muitas vezes não é o suficiente para conseguir uma legião de fãs – em alguns casos sim – mas na grande maioria, o que as pessoas querem ver é floreado mesmo, a grama verde. Bel Pesce mentiu E NÓS SOMOS AS VÍTIMAS porque simplesmente deixamos este tipo de coisa passar como tantas outras coisas.